22.10.14

Em audiência pública, Câmara decide pelo arquivamento do projeto que prevê quebra de contrato com a Caema



A audiência pública realizada na Câmara de vereadores, nesta quarta-feira (22), resultou no arquivamento do Projeto de Lei N° 011/14, de autoria do Poder Executivo, que prevê a quebra de contrato com a Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema). O projeto ainda voltará à pauta de discussão da Câmara, para que, então, os vereadores possam votar e oficializar o arquivamento. 


 
O vereador Carlos Hermes destacou que o resultado da audiência mostra a força da mobilização popular (Foto: Fábio Barbosa)

Para o vereador Carlos Hermes, a audiência pública atingiu o objetivo esperado de discutir amplamente a proposta de lei. “Chegamos à conclusão que este projeto deve ser arquivado, e isso nos deixa muito alegre, porque do jeito que ele está não é viável. Esta é uma vitória, sobretudo, da sociedade que mostrou insatisfação com esse projeto e se mobilizou; e, também, das autoridades que se sensibilizaram com a causa e mostrou a inviabilidade dele”.

Hermes destacou ainda que embora houvesse a decisão de arquivamento, os quatros vereadores de oposição solicitaram à prefeitura a retirada do projeto da Câmara Municipal. “Pelo regimento interno ele passar a ser da Casa e permanece na Casa. Entretanto, se o município retirar, ele não ficará mais aqui e futuramente não haverá a possibilidade de entrar em discussão novamente. Isso é cortar o mal pela raiz, portanto, eu, Rildo Amaral, Aurélio Gomes e Marcos Aurélio solicitamos a retirada”.

O projeto de Lei, além da quebra de contrato, prevê ainda a municipalização do abastecimento de água e esgotamento sanitário e a terceirização desses serviços. Entretanto, o Procurador Geral do Município, Gilson Ramalho, disse que o objetivo não era privatizar os serviços da Companhia de Saneamento Ambiental. “Devido à escassez nos serviços prestados pela Caema, abrimos a discussão para que outra empresa, ou, até mesmo, a Caema, entre na concorrência para melhorar os serviços na cidade. Vemos que questões ambientais não são respeitadas pela Caema, por exemplo, pagamos a taxa de esgoto e não temos o devido tratamento”.


O diretor das Promotorias de Justiça de Imperatriz, Joaquim Júnior, ressaltou que há uma má prestação de serviço da Companhia, porém, a quebra de contrato era uma decisão precipitada. “Nós temos um serviço de péssima qualidade e em relação a isso não há divergência. Mas, temos que unir forças para reerguer a empresa e cobrar que ela cumpra suas responsabilidades. O rompimento do contrato é preocupante, visto que, o gestor reclama do orçamento do município. Se ele tem dificuldade, imagine assumir outra responsabilidade que é a municipalização da Caema. Portanto, peço os vereadores que analise com cuidado o projeto”.

Estiveram presentes na audiência representantes dos poderes Executivo, do Ministério Público Estadual, da Defensoria Pública Estadual, Caema, do Sindicato dos Urbanitários e demais segmentos da sociedade civil organizada.  

21.10.14

Clayton Noleto recebe Moção de Cumprimentos da Câmara Municipal de Imperatriz

O empresário e professor Clayton Noleto foi homenageado, nesta terça-feira (21), com Moção de Cumprimentos pela Câmara de Vereadores, devido ao cargo de Secretário de Infraestrutura do Estado, no governo de Flávio Dino. A homenagem foi uma indicação dos vereadores Carlos Hermes (PCdoB) e Marco Aurélio (PCdoB).

Clayton Noleto (camisa listrada) recebe a Moção de Cumprimentos dos vereadores Carlos Hermes e Marco Aurélio (Foto: Fábio Barbosa)


Hermes destacou que a indicação de Clayton Noleto à Secretaria de Infraestrutura mostra a atenção que governador tem com a Região Tocantina, sobretudo, com a cidade. “Ele é filho de Imperatriz, é um trabalhador, que com esforço conseguiu uma carreira profissional digna. Ele tem habilidade para conduzir junto com o nosso governador as grandes obras estruturantes que o nosso Estado vivenciará, a partir desse novo governo. Toda Região sabe dos valores e da capacidade do Clayton, por isso, sinto-me honrado por essa Moção”.

A Moção de Cumprimento foi uma indicação dos vereadores Carlos Hermes e Marco Aurélio (Foto: Fábio Barbosa)


Em pronunciamento, Clayton Noleto agradeceu a indicação da Câmara Municipal e destacou que a homenagem não é um reconhecimento, apenas, do seu trabalho, mas sim, da importância de Imperatriz. “Eu me sinto muito feliz, entretanto, sei que este é um reconhecimento desta Casa de Leis para com o governador eleito Flávio Dino. Porém, mais do que isso, é o reconhecimento e respeito que ela tem por Imperatriz e pela Região Tocantina, devido à sua importância econômica e histórica”.   

Clayton Noleto agradece a Moção de Cumprimentos e destaca potencial econômico da região durante o pronunciamento (Foto: Fábio Barbosa)



Sobre a Secretaria de Infraestrutura, o empresário disse que será um desafio devido, porém, acredita em um trabalho conjunto que trará benefícios para todo o Maranhão. “Quando o governador anuncia o filho dessa região para comandar uma pasta tão complexa como esta, ele diz claramente que essa região não precisa ser favorecida nas ações do Estado, mas sim reconhecida pela sua importância economia e social. O povo deseja um governo que traga resultados efetivos para a população por meio da melhoria da qualidade de vida. E este não é um trabalho apenas de um homem, é de todo o povo do Maranhão.”

20.10.14

Ricardo Murad não serve para lamber as botas de Clayton Noleto.

Esse tal Ricardo Murad poderia sair de cena de forma minimamente digna, se é que ele é capaz de qualquer gesto de dignidade. Um ser humano asqueroso, um velho e carcomido político comprovadamente desonesto e que precisa ser politicamente enterrado junto com os chefes de sua quadrilha oligárquica. Será que não teria uma boquinha pra ele em Miami junto com a cunhada? Com certeza não lhe faltará dinheiro pra curtir a vida ao longo de seu aposento, afinal, o dinheiro da Saúde do Maranhão não pode ter ido todo pra o enaltecimento eleitoral de sua filha deputada.
Respeite Imperatriz seu caba! Digne-se a sair de cena como um palhaço comportado que sabe quando as luzes do palco se apagam pra ele.
Clayton Noleto Silva é um trabalhador digno, filho de Imperatriz e que provará sua competência para todo o Maranhão.

Pela melhoria de vida do povo do campo, agrônomos apoiam Dilma

A realidade do homem e da mulher do campo mudou. Com investimentos na agricultura, com foco na melhoria de vida das pessoas que moram nas cidades do interior do Brasil, a lógica se inverteu. E aquele êxodo que era tão comum de ser visto para as grandes cidades, com a saída de famílias inteiras da sua terra natal para a cidade grande na esperança de condições de uma vida digna, tem ficado para trás. 

Os programas sociais criados durante os governos de Lula e Dilma beneficiaram milhares de agricultores familiares (Foto: Portal Vermelho)

 A esperança é que ela seja apenas uma história que se conta para as gerações futuras, como exemplo de um passado que não se quer mais.Os agrônomos e agrônomas do Brasil lançaram um manifesto em apoio à presidenta Dilma. 

Os que lutam pelo desenvolvimento rural sabem que o país mudou muito nestes últimos 12 anos. Admitem o quanto as políticas públicas foram aprimoradas. Interessante é ver que isto tudo beneficiou grandes, médios e pequenos agricultores. Principalmente aqueles que compõem a agricultura familiar.

Para garantir mais justiça e dignidade aos moradores do campo é que o governo federal acreditou nos programas sociais como forma de melhorar as condições de acesso à renda, à moradia, à Educação e Saúde.

Entre outras medidas, os governos de Lula e Dilma implementaram programas sociais importantes para o desenvolvimento da vida digna no campo: Luz para todos, Água para todos, Brasil sem miséria rural, Bolsa Família, Programa de documentação da trabalhadora rural, Pescando letras, Programa nacional de reforma agrária, Pronatec campo e Mais médicos.
 


Veja o manifesto aqui

Fonte: Portal Vermelho

Vereador Carlos Hermes (PCdoB) destaca obras que beneficiam bairros de Imperatriz

O vereador Carlos Hermes Ferreira (PCdoB) destacou, na última quinta-feira (16), durante pronunciamento na tribuna “Freitas Filho” que desde o começo do mandato tem feito várias solicitações às secretarias municipais no sentido de viabilizar benefícios à comunidade dos bairros Parque Anhanguera e São Salvador, em Imperatriz.
 Carlos Hermes reconhece os avanços realizados nos bairros Parque Anhanguera e São Salvador (Foto: Fábio Barbosa)


“Temos feito indicações e incursos junto ao prefeito, mas hoje estamos vendo as coisas acontecerem, pois não seria honesto da minha parte se eu dissesse: cobrei, o prefeito está fazendo e não estou nem aí”, disse ele, que reconhece os avanços que estão realizados nesses bairros pela Prefeitura de Imperatriz.
Hermes assinala que o bairro está ganhando (em construção) um posto de saúde que atenderá antigo sonho da comunidade do Parque Anhanguera. E observou que é um equipamento público que poderia estar sendo feito em qualquer outro bairro, mas o município decidiu construí-lo em sua região.
“Fiz a indicação, tirei fotos do terreno que estava paralisado há 10 anos, no começo de uma obra que não foi feita. A indicação veio respondida pela secretária de Saúde (Conceição Madeira) garantindo a construção desse posto de saúde”, disse ele, embora a obra esteja sendo realizada de forma lenta pela construtora responsável.
Sobre os serviços de drenagem da rua Dom Pedro II, o vereador lembrou que quando presidiu a Associação de Moradores do Parque Anhanguera teve a oportunidade de intermediar a indenização de 80 famílias para que a ponte e a estrada (ponte Dom Afonso e a Avenida Luís de França, respectivamente) fossem construídas pelo Governo do Maranhão.
Carlos Hermes ressalta que, em 2007, quando da construção daquela via fosse construída uma alça de acesso para facilitar o acesso de veículos e dos moradores das regiões do Bacuri e do Anhanguera. “Nós sugerimos que fosse colocada como ‘porta de saída’ a rua Dom Pedro II – interligando o centro de Imperatriz a diversos municípios dos estados do Maranhão e do Tocantins”, frisa. 
Para ele, “essa obra retira da situação de isolamento os moradores do grande Vitória, da Vila Davi II e do Parque de Exposições Lourenço Vieira da Silva, situado às margens da BR-010, devido ao intenso fluxo de veículos que obrigatoriamente passam pela ponte do Cacau”. “Quando existem grandes eventos no Parque de Exposições o acesso a BR-010 fica congestionado, um verdadeiro Deus nos acuda”, finalizou. 
Fonte:  Gil Carvalho

16.10.14

"Tem competência comprovada,” diz prefeito sobre secretário de Infraestrutura indicado por Flávio

Lideranças maranhenses avaliam positivamente a indicação para a pasta de Infraestrutura no Governo de Flávio Dino.

Sebastião Madeira (PSDB), prefeito de Imperatriz, foi uma das lideranças políticas que aprovaram a indicação de Clayton Noleto para comandar a Secretaria de Infraestrutura no Governo do Flávio Dino. “Tem competência comprovada, visão global, capacidade de articulação e liderança conhecida na Região Tocantina,” avaliou.

A revelação de que Clayton Noleto será responsável pela pasta foi comemorada em todo o Maranhão. Para o prefeito Madeira, a Região Tocantina se sente representada por ter sido contemplada em uma pasta importante do Governo. “Temos a sensação de que o Governo vai olhar para a nossa região. Clayton tem a confiança do Governador e também da nossa cidade”, disse.

Liderança na região, Rosângela Curado (PDT) também manifestou-se positivamente quando soube da indicação. Ela pontuou o perfil técnico, político e de renovação que atende diretamente ao critério da valorização regional.
“Sua ascensão a um cargo tão importante do novo governo além de representar a cara nova de um novo governo sinaliza o primeiro gesto de atenção do governador Flávio Dino para todas as regiões”, acrescentou.

O vereador Carlos Hermes falou na tribuna da Câmara Municipal de Imperatriz também sobre a indicação, destacando o reconhecimento de Flávio Dino que sinaliza para a valorização de todas as regiões, fazendo com que o Governo saia do Palácio. Na próxima terça-feira (21), o parlamentar apresentará uma moção de aplausos pela escolha do novo secretário.

(Ascom)

Presidente do PCdoB em Imperatriz será o secretário de Infraestrutura de Flávio Dino

O empresário e professor na Região Tocantina, Clayton Noleto, comandará a Secretaria de Infraestrutura do Maranhão. O comunicado foi feito pelo governador nas redes sociais.  O professor Clayton Noleto ficará responsável pelas obras físicas estruturantes de todo o Maranhão.  Este é o quinto nome apresentado por Flávio Dino para compor o governo, a partir de 2015.



Administrador de empresas na Região Tocatina, Clayton Noleto é especialista em Planejamento Estratégico. Com forte atuação no setor privado, Noleto foi professor e instrutor Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), nas áreas de Gestão e Planejamento.

Habilitado pelo programa Empretec como empreendedor, desenvolvido pela Organização das Nações Unidas (ONU), Clayton Noleto é também historiador e bacharel em Direito. Ele foi coordenador da coligação “Todos pelo Maranhão” em apoio à candidatura de Flávio Dino na Região Tocantina.

15.10.14

Carlos Hermes exige participação popular na discussão de quebra de contrato com a Caema



Ao usar a Tribuna, na sessão dessa terça-feira (14), o vereador Carlos Hermes (PCdoB) questionou o Projeto de Lei Ordinária N° 011/14, de autoria do governo municipal, que prevê a quebra de contrato com a Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema), a municipalização do abastecimento de água e esgotamento sanitário e a terceirização desses serviços. 

Ao usar a Tribuna, Carlos Hermes exigiu a participação popular na discussão sobre a municipalização da água

O vereador ressaltou a importância da participação popular na discussão dessa quebra de contrato com a Caema. “É um projeto que de certa forma precisa ser estudado com cautela, com mais profundidade e com o envolvimento da sociedade imperatrizense porque se trata de uma decisão que afeta diretamente a vida do nosso povo e trata de um direito básico da população, que é água”. 

Carlos Hermes destacou que solicitou à mesa diretora da Câmara Municipal uma audiência pública para que a sociedade possa se posicionar a respeito do assunto. “Este é um debate que precisa ir além dessa Casa de Leis. Precisamos discutir junto aos movimentos sociais, os sindicatos, os funcionários da Caema e outros segmentos, por isso, propomos uma audiência para ouvirmos a população, visto que, é um problema que afeta a todos nós”. 

O vereador relembrou, também, que durante os trabalhos da CPI da Caema,  arquivada no início deste ano, foram constatadas várias irregularidades a respeito do abastecimento de água na cidade. “Verificamos uma série de anormalidades no contrato quanto na própria ação da Caema em relação ao povo do Maranhão. E chegamos a conclusão que o contrato de fato precisa ser quebrado. Essa é uma defesa que nós já fazíamos, só que o contrato precisa ser quebrado numa perspectiva de revisão desse contrato atual. E não a quebra com a terceirização dos serviços para o controle do setor privado, porque entendemos que a água não pode ser um  instrumento de  lucro por se tratar de um bem básico à vida ”.

13.10.14

Governo Flávio Dino: Emap será administrada por Ted Lago


Ted Lago
Mais um anúncio da composição de Governo foi feito por Flávio Dino nesta segunda (13). Para dirigir a Empresa Maranhense de Administração Portuária (Emap), o governador eleito indicou o empresário Ted Lago – que possui destacada atuação internacional nos setores Empresarial e Social.

Com o intuito de ampliar a funcionalidade do Porto do Itaqui como vetor de desenvolvimento econômico e social do Estado e integrá-lo ao cenário mundial, Ted Lago assumirá o comando da Emap a partir de 1º de janeiro de 2015.


TED LAGO – Empresa Maranhense de Administração Portuária

Administrador de Empresas com pós-graduação em Planejamento e Finanças (PUC-RJ) e em Gestão e Processos Industriais na Deomens Schule (Munique – Alemanha), Ted Lago atua no ramo empresarial maranhense.

Através do Instituto de Cidadania Empresarial do Maranhão (do qual é um dos membros fundadores), tem forte participação na área de Desenvolvimento Econômico e Social com foco na melhoria da qualidade de vida no estado. Foi Presidente do Conselho Deliberativo do ICE-MA por 6 anos.

Ted é membro da Fundação Avina, instituição que reúne líderes destacados no trabalho pelo Desenvolvimento Sustentável e Responsabilidade Social da América Latina.

Manifesto da Universidade Pública apoia reeleição de Dilma

Estudantes, técnicos/as e professores/as do ensino superior público brasileiro, e demais profissionais, divulgaram abaixo-assinado declarando apoio à reeleição de Dilma Rousseff para o cargo de Presidenta do Brasil. No texto, os profissionais do setor educacional ainda conclama “toda a sociedade brasileira a unir esforços em defesa do fortalecimento da universidade pública e de todas as transformações sociais realizadas em prol de uma sociedade menos excludente e mais justa.” 

Os apoiadores acreditam que a eleição de Dilma dará continuidade ao plano de desenvolvimento dos investimentos públicos. (Foto: Portal Vermelho)


No texto, eles avaliam que até 2002, antes da primeira eleição de Lula à Presidência da República, “assistimos a uma estagnação do ensino superior público no Brasil e constantes ameaças de privatização das Universidades Federais. O renascimento das Universidades Federais ocorreu com a eleição do presidente Lula, que implementou uma nova política educacional.”

A política de fortalecimento do ensino superior público teve continuidade no mandato da presidente Dilma com a valorização da carreira universitária, o aumento do número de bolsas para a pós-graduação, a criação do programa "Ciência Sem Fronteiras" e Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia, além da continuidade e ampliação da oferta de bolsas para acadêmicos e mais verbas para projetos de ensino, pesquisa e extensão, juntamente com vários outros programas de incentivo à inserção e permanência do jovem na universidade.
 

Os profissionais de educação ainda registram, nos últimos 12 anos, a expansão e a interiorização das universidades públicas, com a criação de mais 173 campi e 18 novas universidades, tendo sido atendidas mais de 237 cidades do interior do país.

“Acreditamos que para dar continuidade ao plano de desenvolvimento dos investimentos públicos que vêm sendo realizados pelo governo atual, devemos apoiar veementemente a candidatura de Dilma para presidente do Brasil”, diz o texto, que destaca a necessidade de se fazer mais e aperfeiçoar o que vem sendo feito.

“É fato que muito ainda tem que ser feito e aperfeiçoado, inclusive em relação ao ensino superior. Por exemplo, a ampliação da oferta de vagas precisa ser qualificada com o aporte financeiro necessário para a estruturação das Instituições de Ensino Superior, acompanhado por um cuidado com as lacunas na formação básica dos estudantes ingressantes, e com o aumento na qualidade de ensino e formação dos estudantes.”

Para garantir esse avanços desejados, os movimentos educacionais propõe e anunciam que cobrarão do próximo governo a valorização do ensino superior através da qualificação dos três pilares da educação superior – ensino, pesquisa e extensão; o papel da universidade como centro catalisador do conhecimento científico, tecnológico, cultural e socioeconômico para os setores estratégicos do País; e a defesa da universidade pública e gratuita com a inserção regional e de grupos antes excluídos da esfera acadêmica.


Fonte: Portal Vermelho